Os 10 websites mais verdes

O Guardian publicou hoje uma lista daqueles que os repórteres consideraram os websites mais “verdes” do planeta (aqueles motivados de alguma forma na construção de um futuro melhor). Boa parte deles são baseados no Reino Unido, mas não deixa de ser interessante e útil se inspirar nas idéias que eles nos deixam. A lista segue abaixo:

Grist – revista online com novidades e notícias sobre o ambiente, abrangendo desde dicas a política ambiental, tudo com muito humor. Uma espécie de portal verde.

Real Climate – dessa lista, é meu site predileto. Cientistas de renome discutindo a ciência hardcore por trás das mudanças climáticas. Melhor e mais confiável fonte de informação sobre o tema atualmente na web.

World Changing – o site do desenvolvimento sustentável por excelência. Está nos meus feeds há anos e nunca deixa de me surpreender, com visões pra lá de interessantes. Muitas análises de gadgets e arquitetura sustentável. De moda a biodiversidade. Discute-se de tudo por lá, enfim. As dicas ecoconscientes são fenomenais. Não perca.

TreeHugger – dicas verdes sob formato blog, com destaque para a seção “Take action”, que estimula a participação de todos. Eu não connhecia esse site antes, e estou no momento me deliciando com o enveredamento por lá.

Free Cycle – um site de troca de produtos usados. O objetivo é diminuir a geração de lixo. Interessante.

Liftshare – um organizador de caronas e afins. Se você quer dividir um táxi com alguém, coloque seu anúncio lá. Uma proposta para diminuir a circulação de carros com uma só pessoa dentro pelo mundo.

Seat61 – um site de turismo responsável, utilizando principalmente a malha ferroviária pelo mundo. Aos viajantes de plantão, as dicas são fantásticas.

Recycle now – dicas fantásticas sobre reciclagem, projetos em execução, etc. Lotado de idéias interessantes. Infelizmente a lista de pontos de reciclagem é para o Reino Unido apenas, mas desconsidere essa parte e leia os artigos sobre o tema. Vale a pena.

Planet Ark – dedicado a diminuir o impacto humano cotidiano sobre o planeta. Dicas e afins.

Adili – para estar na moda sem comprometer o ambiente.

Todos valem a pena ser visitados e frequentados, já que sempre trazem perspectivas, dicas e idéias novas sobre os dilemas sérios que enfrentamos no cotidiano em todos os níveis (político, científico, econômico, etc.) sobre a causa ambiental.

2 Replies to “Os 10 websites mais verdes”

  1. Visitei os sites e pude entender porque eles foram indicados. Com um pouco de boa vontade é possível viver em harmonia com o planeta.Até por que só temos este.

  2. Só queria deixar uma nota extra. O site mundial do movimento Freecycle é http://www.freecycle.org e também existem grupos no Brasil. Sei que existem pelo menos em São Paulo e no Rio de Janeiro mas deve haver mais. E se não houver podem sempre criar novos. É tudo muito simples e nada complicado.Eu sou a administradora do grupo do Porto aqui em Portugal e tem dado frutos com muita ofertas de coisas que iriam para o lixo.Aproveitem bem porque a ideia é mesmo excelente 😉

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *