O Natal do Faça!

Este é um post coletivo. Fruto do debate, aqui no Faça a sua parte, sobre como poderíamos pensar em um Natal que nos aproximasse da natureza e ao mesmo tempo valorizasse a confraternização, com o resgate de valores talvez sublimados pelo consumo de presentes industrializados.
Vinte e cinco de dezembro não é uma data do Calendário Verde do Faça. Mas deveria ser. Até não muito tempo, essa época era admirada e comemorada pela humanidade como um símbolo do renascimento, momento em que o Sol, em seu ponto mais longínquo de nós, retornava de sua longa caminhada pelo céu. Parte da natureza, enquanto isso, aproveitava para descansar, para proteger-se do frio; para proteger suas sementes. A outra parte colhia a transbordante energia de um Sol que estava bem acima de nós. E parte da humanidade também se recolhia, e no recolhimento integrava-se, regojizava-se confraternizando. E parte da humanidade também transbordava, integrava-se, regojizava-se confraternizando. E os homens do norte e os homens do sul davam-se presentes da natureza, para lembrar que era uma época de alegria, de estarem próximos, uns aos outros, no frio ou no calor, confraternizando.
Hoje estamos afastados desse tempo. Vivemos no tempo do consumo, do consumo desenfreado de produtos industrializados, do consumo do 1,99 e dos produtos importados que trazem em si um enorme prejuízo para a natureza. Onde o ostensivo tem mais valor que o simples, o simples feito com as próprias mãos, com materiais que estão bem ali, na nossa frente.
Esse post não é um convite para uma blogagem coletiva. É um convite para um renascimento. Renascimento da confraternização como símbolo da nossa união com a natureza; com o frio e com o calor, com os presentes feitos da natureza. Queremos, sim, como ate não muito tempo se fazia, dar presentes da natureza. Presentes que digam a todos os que nos rodeiam o quanto ainda devemos ser gratos a esse Sol que vai e vem; a essa natureza, sempre exuberante, tanto no recolhimento das sementes quanto esplendor das suas flores e folhas.

Queremos saber que sugestões você teria para presentear seus parentes, amigos, colegas, enfim, a todas aquelas pessoas que você costuma presentear no Natal.

A campanha do Natal do Faça é bem simples: escreva um post no seu blog com dicas de como presentear de forma ecológica. Se não tiver blog, deixe a sua dica nos comentários.

seisgraus.gif
Os participantes concorrerão ao sorteio do livro “Seis Graus: o aquecimento global e o que você pode fazer para evitar uma catástrofe“, do renomado ambientalista Mark Lynas. (veja aqui detalhes sobre o livro e, inclusive, um trecho).

O sorteio é aberto a todos, inclusive aos membros do Faça a sua parte. No dia 24 de dezembro, os nomes dos participantes serão escritos em pedaços de papel e colocados em um recipiente. Um será retirado. O sorteio será filmado e o filme disponibilizado para quem quiser. No dia 25 faremos um post anunciando o vencedor e republicaremos o seu post. No mesmo dia 25 entraremos em contato para enviar o livro.

ATENÇÃO: sorterio realizado. Amanhã, 25, publicaremos o resultado.

Já estão participando do sorteio:

Estão participando, mas não do sorteio:

30 Replies to “O Natal do Faça!”

  1. Nossa, que fácil! O meu post já está escrito, porque meu aniversário também é por esta época.
    Vejam aqui o que eu quero ganhar de presente, que também é como presenteio as pessoas de quem gosto…

  2. Oi! Gostei da proposta, então publiquei uma seleção de links em um novo post no meu blog, inclusive anunciando a minha nova animação-documentário ambiental, ainda inédita na rede.
    Bem, copio aqui:
    Que tal um Natal de respeito pelo meio ambiente e pelos animais?
    O Natal costuma ser uma data para pensar em paz, amor, renascimento… assim como o Ano Novo. Assim, que tal dar uma olhada nos links abaixo, e refletir sobre o que você pode fazer no seu dia-a-dia para melhorar o mundo em que vivemos?
    Minha animação-documentário produzida em Flash no Japão, “Por Trás do Rebanho”:
    http://math-info.criced.tsukuba.ac.jp/~mauricio.kanno/
    Artigo no site Akatu da jornalista Jaqueline Ramos, “Os Impactos da Alimentação para o Meio Ambiente”:
    http://www.akatu.org.br/central/opiniao/2008/os-impactos-da-ali
    Entrevista na revista Época do biólogo Sérgio Greiff, “Vegetarianismo a Favor do Meio Ambiente”:
    http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EDG74465-5856-421,00-V
    Relatório da FAO/ONU, “Livestock’s Long Shadow”:
    http://www.fao.org/docrep/010/a0701e/a0701e00.htm
    Dossiê da Sociedade Vegetariana Brasileira, “Impactos sobre o Meio Ambiente do Uso de Animais para a Alimentação”:
    http://svb.org.br/vegetarianismo/downloads/livros/index.php

  3. Minha dica deste natal> evitar presentear.
    Hã uma campanha familiar do nao-presente, estímulo a presentes caseiros e úteis (desejados e necessários).
    Evitra de comprar qualquer tralha para dar o que a pessoa deseja, muitas vezes com a articulação entre familiares.
    PAra nosso filho optamos por dar o que ele quer MESMO. Avós entraram numa campanha e ele irá ganhar o que quer.
    Perde-se o elemneto surpresa, mas perde-se elemntos sobrantes.
    Tias, amigos, alguns sem filhos da faixa etária tendem a errar (e feio) com presentes para crianças.
    Para guris aparecem caminhões luminosos, escandalosos, que funcionam somente na noite de natal.
    A maiors parte dos excessos não é perdida, vira presente no natal seguinte. Este ano as sobras de 2008 (e natal 2007) foram para Santa Catarina. Já devem estar divertindo alguma criança por lá.

  4. Adorei a iniciativa! Como estou de férias no Brasil e não sei se terei tempo de postar algo legal, fica aqui a minha dica: usem menos embalagens! Papeis, plásticos, fitas e afins… o lixo produzido depois de uma “abertura de presentes” é imenso! Sei que o, prazer de rasgar tudo pra ver o que tem dentro é ótimo, mas que tal usar a criatividade para inventar novas formas de prazer? Esconder pela casa, por exemplo…como os ovinhos do coelhinho da Páscoa? Um beijão e boas festas! 🙂

  5. Acabei de postar minha proposta mas, como membro do Faça a Sua Parte, abro mão da participação no sorteio.
    Abração

  6. Nossa, estava pensando nisso agora! Bom, todo consumismo – ou quase todo – é contra o meio ambiente. Afinal, para ser produzido um produto emana CO2 – coloquei uns links sobre isso lá no blog. Mas vou pensar numa alternativa! excelente ideia!

  7. Vi sobre a “campanha” no Decolando, do Junior, e compatilho aqui o que eu fiz este ano: meu presentes ecológicos foram camisetas feitas de garrafa plástica PET. São lindas, a malha é super gostosa e são amigas do meio-ambiente. Quem ganhou, adorou. As embalagens foram de papel reciclado e dispensei as sacolas plásticas das lojas, eu estava com uma sacola de papel também reciclado e colocava as compras todas lá dentro.

  8. Minha dica, é dar presentes no Natal, que não virem “lixo” depois, tipo livros, que são portadores de texto e as pessoas normalmente cuidam e não descartam.
    Beijos Denise, vou enviar por e-mail para meus contatos 🙂 Adorei essa idéia! 🙂

  9. Gostei da idéia, eu já havia feito um post falando de um assunto bem parecido com esse, mas não havia postado ainda, resolvi incluir ele nessa campanha.
    A gente tem que pensar verde o ano todo, inclusive nas festas.
    bjs

  10. Provocação II.
    Quem ganhar este livro poderia se comprometer a doa-lo, pòs leitura é claro, para uma instituição de ensino da área ambiental.
    Livros e revistas DEVEM ser comprados, afinal sao veículos de conhecimento, mas devem ser “espraiados”, manuseados, difundidos…
    Quando possível existem as versões digitais, mas eu ainda sou fã do velho e bom papel… reciclado sempre que possível.

  11. Quero parabenizar o Faça sua parte e a todos os participantes pela iniciativa. Gostei muito da idéia e gostaria de sugerir uma adição para gerar mais transformações pessoais ainda: e se no final os organizadores formatassem todas as sugestões em um e-mail bem legal e enviarem aos seus contatos e outros blogueiros como corrente. O assunto da mensagem algo como: Sugestões de como presentear sem gastar! O assunto ia tocar no bolso das pessoas e fazer elas lerem, creio que muitas pessoas e famílias vão aderir, gerando no final não só uma melhoria pro planeta mas em qualidade de vida também.
    Confiram meu post no meu blog!

  12. Iomar,
    Dicas de empreendedorismo? Que tal fazeres um post sobre empreendedorismo ambiental e, de quebra, concorres ao livro?
    Luiza,
    Boa essa idéia de juntar todas as sugestões em um único post.
    abraços

  13. além dos livros e das coisas que não se joga fora, eu acho que cada um podia prentear os produtos com certificação , ou vc mesmo pode fazer um,reciclado!
    feliz natal consciente.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *